Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Letras Inglês
Início do conteúdo da página

Faculdade de Linguagem (Letras Língua Inglesa)

Publicado: Sexta, 16 de Setembro de 2016, 01h56 | Última atualização em Quarta, 25 de Novembro de 2020, 13h56

O Curso de Licenciatura em Letras - Língua Inglesa do Campus Universitário de Cametá tem por meta formar educadores competentes na língua e cultura inglesas, capazes de assumir um posicionamento crítico e reflexivo que os leve a estabelecer relações dialógicas no âmbito de sua comunidade e além dela. Considerando-se a grande complexidade de que se revestem atualmente as relações sociais na sociedade brasileira, especialmente no que diz respeito ao mundo do trabalho onde tais relações se manifestam em toda a sua crueza, e considerando também que a escola deve ter, entre outras, uma função propedêutica, o professor de língua inglesa, como língua estrangeira, precisa ter consciência do significado e da repercussão de sua ação didático-pedagógica na vida de seus alunos e estar preparado para enfrentar os desafios daí advindos. O curso de Letras Língua Inglesa, objetiva proporcionar a formação inicial, em nível superior, de professores Licenciados em Letras Língua Inglesa, para atuar nas diversas modalidades de ensino, como educação básica, educação de jovens e adultos, cursos livres, e em outras áreas, como assessoria bilíngue, pesquisa etc. Tal formação se dará com conhecimento da realidade sociolinguística de países de língua inglesa, proporcionando um olhar diferenciado sobre esta, para que possam assim atuar de maneira diferenciada, superando a visão simplificada do fenômeno língua/linguagem como um conjunto de regras a serem seguidas, e assumindo-o como meio privilegiado de interação sociolinguística, reconhecendo aí também o espaço das manifestações literárias. As dimensões, ética, humanista, crítica, autônoma e engajada com a intervenção e transformação do meio social devem ser contempladas na formação do licenciado.

Direção da Faculdade

Diretor

Prof. Dr. Dante Luiz de Lima

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2361582673205422

Vice-Diretor

Prof. Dr. Lucas Rodrigues Lopes

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8141687357119122

Secretaria da Faculdade

Secretário

Célio Epifane Cruz
Assistente em Administração

 

 

Avaliação do Curso

Nossa última avaliação foi em 2014, feita pelo MEC

Conceito final: 4

 

Horário de funcionamento

De segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

 

Endereço e contato

Prédio da Administração (2º andar)
Trav. Pe. Antônio Franco, 2617 - Bairro da Matinha
CEP 68400-000    Cametá-PA

Telefone: (91) 3781-1182 (Ramais 219 e 220)
E-mail: dantelima41 @ gmail.com

Links úteis: [Em construção]


Especialização/Editais

O link para inscrição é https://forms.gle/VCpTnRiUK72xhY7L7

▼EDITAL EPELE CAMETÁ 02-2020 Final

RESULTADO DA PROVA EPELE EDITAL 001/2020

▼ RESULTADO DA PROVA EPELE EDITAL 002/2018

▼ EDITAL 002/2018 - EPELE

▼ EDITAL 001/2018 - EPELE

▼ EDITAL 005/2017 - REABERTURA DAS INSCRIÇÕES

▼ EDITAL 004/2017 – RESULTADO DA DEMANDA SOCIAL

▼ EDITAL 004/2017 – RESULTADO DA DEMANDA SOCIAL

▼EDITAL ESPECIALIZAÇÃO_03-INSCRIÇÃO

▼ ENTREVISTAS PARA CANDIDATOS DE DEMANDA SOCIAL


Eventos

PROGRAMAÇÃO CLICA 2017


Documentos


Corpo docente

Breno de Campos Belém

Titulação máxima: Mestre
Situação Funcional: Efetivo
Linhas de pesquisa: Linguística Aplicada; Ensino e aprendizagem de línguas; Educação à distância; Recursos tecnológicos aplicados ao ensino de línguas; Educação
Página no SIGAA: https://sigaa.ufpa.br/sigaa/public/docente/portal.jsf?siape=1881036
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6955325322680604

Dante Luiz de Lima

Titulação máxima: Doutor
Situação Funcional: Efetivo
Linhas de pesquisa:  Literatura Comparada; Textualidades híbridas – Teologia e Literatura
Página no SIGAA: https://sigaa.ufpa.br/sigaa/public/docente/portal.jsf?siape=1425980
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2361582673205422

Maria Luiza Faleiros Lima

Titulação máxima: Mestra
Situação Funcional: Efetivo
Linhas de pesquisa: Literatura Comparada, Ensino de Literatura
Página no SIGAA: https://sigaa.ufpa.br/sigaa/public/docente/portal.jsf?siape=1768044
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5936025941709967

José Lucas Barros Fernandes

Titulação máxima: Graduado
Situação Funcional: Substituto
Linhas de pesquisa: Ensino e aprendizagem de Língua Inglesa e Português para Estrangeiros
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6454342704930207

Jessé Pinto Campos

Titulação máxima: Mestre
Situação Funcional: Substituto
Linhas de pesquisa: Educação, Linguagem e Cultura
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2173057905261905

Lucas Rodrigues Lopes

Titulação máxima: Doutor
Situação Funcional: Efetivo
Linhas de pesquisa: Ensino-Aprendizagem de Línguas; Linguística Aplicada; Análise do Discurso; Linguagem e Sociedade; Linguagens, Culturas e Identidades.
Página do SIGAA: https://sigaa.ufpa.br/sigaa/public/docente/portal.jsf?siape=3159363
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8141687357119122

Núcleo Docente Estruturante (NDE)

 O NDE da Faculdade de Linguagem – Língua Inglesa está constituído pelos seguintes docentes:

Prof. Dr. Dante Luiz de Lima
Profª. M.s.c. Maria Luiza Rodrigues Faleiros Lima
Prof. Dr. Lucas Rodrigues Lopes
Prof. Dr. Doriedson do Socorro Rodrigues
Profª. Dra. Ivone dos Santos Veloso

 


Processos Seletivos

EDITAL Nº 207 - Professor da Carreira do Magistério Superior para o Quadro Permanente

CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO 2019 - Edital 245:

CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE EFETIVO 2019:


Planejamento


Projetos

A Faculdade de Linguagem – Língua Inglesa, por meio de seu corpo docente, mantém um conjunto de ações relacionadas à extensão e à pesquisa, conforme demonstram os diferentes projetos relacionados abaixo.

2020 - Atual
PIBEX - Oficinas de ensino de língua e cultura Inglesa para alunos do Ensino Fundamental de escolas públicas de Oeiras do Pará e região
 
Descrição: O intuito desse projeto é fazer com que os alunos do 4º período do curso de Letras- Língua Inglesa do polo de Oeiras do Pará ministrem oficinas de Língua Inglesa e cultura anglófona para alunos de escolas públicas do 5º ano que nunca tiveram aulas de inglês, pois as escolas da rede pública da região só oferecem língua inglesa a partir do 6º ano do Ensino Fundamental, algumas nem oferecem a disciplina. Em relação à questão educacional da região observa-se que grande parte da população de Oeiras do Pará ainda é analfabeta. Dos alunos que ingressam no Ensino Fundamental, cerca de 15% conseguem concluí-lo, sendo assim, criar projetos para incentivar as crianças a permanecer na escola é de suma importância. Através deste PIBEX pretendemos dar continuidade a um projeto de ensino de inglês que iniciamos em 2019, o qual obteve bastante êxito. Os acadêmicos de Língua Inglesa prepararam aulas de inglês e atividades envolvendo a cultura anglófona para alunos carentes da cidade e regiões ribeirinhas. Tivemos uma aluna bolsista que coordenou o projeto e também alunos voluntários. Além de iniciar o aprendizado de inglês de uma forma lúdica os discentes do projeto também tiveram a oportunidade de assistir e participar de atividades como: Halloween, Thanksgiving e Christmas celebrations. As aulas e as atividades, segundo professores e coordenadores das escolas envolvidas, deixaram as crianças bastante empolgadas para continuar estudando a língua inglesa e ir com mais segurança para o Ensino Fundamental maior..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (15) .

Integrantes: Dante Luiz de Lima - Coordenador / Railane Soares Barroso - Integrante.
 
 
 
2020 - Atual
Das salas de aulas aos ambientes virtuais de aprendizagem: A emergência de representações e discursos de língua-cultura inglesa à luz da Teoria da Complexidade
 
Descrição: Há algum tempo, temos observado certo deslocamento da internet como uma mera fonte de pesquisa, passando a ocupar o lugar de troca de experiências e de conhecimento, especialmente, como o lugar em que ofertas e possibilidades de ensino-aprendizagem são infinitas. Dessa forma, centenas de pessoas, como, por exemplo, professores, alunos, pesquisadores discutem assuntos e trocam informações o tempo inteiro. Consequentemente, a internet tem servido a diversos extratos sociais, uma vez que, com as novas tecnologias, pode-se estar conectado muitas horas ao dia, por meio de aparelhos de celulares, tablets, dentre outros. O presente trabalho se justifica diante do crescimento vertiginoso das redes sociais com base no advento da internet nos últimos anos. Merece uma discussão e reflexão crítica, visto que faz emergir uma aproximação e contraste das ferramentas e métodos tradicionais de ensino-aprendizagem de língua inglesa, possibilitando estudar, verificar, rastrear indícios discursivos em narrativas de aprendizes de línguas estrangeiras com o objetivo de melhor compreender que representações carregam de si e de comunidades de aprendizagem no Facebook, impactando na formação de professores de línguas estrangeiras em pré-serviço. Além disso, com nossa proposta buscaremos também entender que fatores motivacionais emergem nos dizeres de participantes dessas comunidades de ensino-aprendizagem ao aprenderem uma língua estrangeira de forma autônoma. Mais especificamente, nos estudos da Linguística Aplicada (LA), existem vários estudos, que consideram a aquisição de uma segunda língua à luz da teoria da complexidade, dentre os quais chamamos à atenção ? Larsen-Freeman (2007), Ellis e Larsen-Freeman (2009), Paiva (2005/2009), Paiva e Nascimento (2009), Magno e Silva (2015/2016/2017/2018/2019). Com base nesses estudos, pensando no sistema adaptativo complexo (SAC), enfatizando os processos de adaptação e aprendizagem, entendemos a língua como um sistema complexo, que abrange ordens biológicas, cognitivas, sociais, históricas e políticas. Vale destacar, aqui, a interrelação dos sistemas complexos, já que estão a todo momento agindo e reagindo, influenciando e sendo influenciado por elementos integradores. Dessa perspectiva, vislumbramos a língua em sua dinamicidade, sendo caracterizada como um sistema vivo em constante mudança e reorganização. Nosso projeto de pesquisa insere-se na grande área da Linguística Aplicada, na área de concentração ?Estudos Linguísticos? e, mais especificamente, na linha de pesquisa ?Ensino e Aprendizagem de Línguas e Culturas, tendo como objetivo compreender criticamente as representações de participantes de comunidades do Facebook acerca do ensino-aprendizagem de língua inglesa à luz da teoria da complexidade. Mais especificamente, objetivamos: a) identificar as representações dos participantes dessas comunidades do Facebook acerca do ensino-aprendizagem de língua inglesa; b) investigar como essas comunidades podem (ou não) promover a motivação e autonomia de seus participantes. Coordenador: Lucas Rodrigues Lopes
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
 

 

Informações complementares

[Em construção]

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página