Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

"LAÇOS LUSO-PARAENSES NA IMPRENSA OITOCENTISTA" é livro de autoria de Profa. Dra. Maria Lucilena Gonzaga Costa Tavares, docente do Campus Universitário do Tocantins/Cametá - UFPA, que será lançado no 27 de janeiro de 2021, quarta-feira, às 16h30min

  • Publicado: Terça, 26 de Janeiro de 2021, 18h47
  • Última atualização em Terça, 26 de Janeiro de 2021, 18h47
  • Acessos: 82

"LAÇOS LUSO-PARAENSES NA IMPRENSA OITOCENTISTA" é livro de autoria de Profa. Dra. Maria Lucilena Gonzaga Costa Tavares, docente do Campus Universitário do Tocantins/Cametá - UFPA, que será lançado no 27 de janeiro de 2021, quarta-feira, às 16h30min. A transmissão será pela página do Facebook do Campus: https://www.facebook.com/ufpacameta

A apresentação foi feita pela Profa. Dra. Maria Adelina Amorim, docente do Centro de História da Universidade de Lisboa/Faculdade de Letras.

Profa. Dra. Germana Araújo Sales, Diretora de Pesquisa da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UFPA e Coordenadora da Área de Linguística e Literatura da CAPES, realizou o prefácio intitulado "Apropriação e ressignificação: laços e entrelaços entre Portugal e Belém".

Com o selo da Editora da UFPA, o livro resulta também de ações a partir da Cátedra João Lúcio de Azevedo - Camões I.P - UFPA.

"[...] Maria Lucilena nos apresenta os traços portugueses em Belém do Pará, com o título Laços Luso-paraenses na Imprensa Oitocentista. A obra recupera os resquícios portugueses entranhados na cultura do local, com ênfase nas publicações de prosa de ficção nos jornais, principal suporte que democratizou a leitura no século XIX, com papel fundamental na divulgação de notícias acerca da venda e empréstimos de livros, como também na constante publicação de escritos, em grande parte reprodução de publicações primeiras ou já editadas em livros". (Profa. Dra. Germana Araújo Sales)

"A imprensa periódica constitui no século XIX um meio privilegiado de estudo da sociedade nos seus múltiplos aspectos. Testemunho único da dinâmica da res publica e dos processos históricos associados, desde as grandes transformações políticas aos movimentos de ruptura, os jornais foram um verdadeiro espelho do decurso quotidiano inserido nas razões profundas da vida social". (Profa. Dra. Maria Adelina Amorim).

Tavares, Maria Lucilena Gonzaga Costa. Laços Luso-Paraenses na Imprensa Oitocentista / Maria Lucilena Gonzaga Costa Tavares. _Belém: UFPA, Cátedra João Lúcio de Azevedo, 2020.
416 p. : il.

registrado em:
Fim do conteúdo da página